A história da família Marchesi na região de Ribeirão Preto (SP) está associada a figura central do imigrante italiano e empreendedor João Marchesi. Seus descendentes lembram com orgulho de suas conquistas e do homem trabalhador. Chegou ao Brasil em 1892, ainda criança com seus pais, Santo Marchesi e Olívia Ghidelli Marchesi e seus seis irmãos, indo direto para Fazenda Dumont.

João Marchesi cresceu, apreendeu e se formou como um empreendedor e comerciante de fazendas e usinas em diversos estados, deixando um legado para seus tataranetos. Sem preparo e estudo, João Marquesi nunca abandonou o trabalho, começou como carroceiro e oleiro de seu futuro sogro Natale Biagi, tornou-se um empreendedor na aquisição de terras, construções de bens e de investimentos.

Além das usinas e fazendas João Marchesi também dedicou em negócios que fomentou o crescimento de Ribeirão Preto e região. Construiu a Cerâmica São Luiz (1948) que produziu muitos tijolos e telhas para edificações da cidade, investiu no Frigorifico Marchesi (1961) e no Banco Marchesi (1962) e empreendeu a Agência Volkswagen em Ribeirão Preto.

Sua segunda esposa e companheira de seus empreendimentos, a Sra. Ida Pizzoli Marchesi, escreveu um livro da história desse imigrante relatando seus feitos diante a dedicação de trabalho. No vídeo seus netos e bisnetos nos contam histórias particulares, do seu cotidiano, da sua visão do mundo e da sua personalidade séria e dedicada ao trabalho.

Família Marchesi - Documentário Projeto PROAC Memória Italiana

Direção Geral: Adriana Silva; Antonio Bernardo Torres

Publicado: 24 de agosto de 2017