Casa da Memória Italiana

Casa da Memória Italiana

2016
01/01/2016

Primeira exposição de arte contemporânea

Criação da sala de exposição, espaços de pesquisa e oficina. Primeira exposição de arte contemporânea na Casa da Memória Italiana com participação de nove artistas ribeirão-pretanos. Início da execução do Projeto PROAC Memória Italiana, gravação de 11 vídeos documentários de famílias italianas.

* Foto: exposição arte contemporânea – Foto Mara Fukuta

2015
01/01/2015

Primeira participação na Semana de Museus – MINC

Primeiro ano que o Instituto participou da Semana de Museus – MINC. As visitas-guiadas com pequenos grupos tornaram-se mais frequentes. Foi criado o Coro Memorie D’Italia, sendo realizado no dia 09 dezembro o primeiro Concerto de Natal na Casa da Memória Italiana, na sua fachada e janelas. Nova configuração do jardim com plantas baixas. Primeiro trabalho de curadoria do acervo do Instituto.

* Fotos: Visita-guiada na Semana de Museus e Concerto de Natal, fotos Otavio L. Leite.

2014
01/01/2014

Trabalhos de manutenção

No ano de 2014 foram realizados trabalhos de manutenção de calhas e pinturas, restauro de pinturas decorativas, levantamento e mapeamento do moveis, objetos e fotografias encontradas na residência.  Em setembro, os proprietários do imóvel fizeram a doação ao Instituto.

* Foto: Restauro de partes de algumas pinturas decorativas realizado por Luiz Paraguaio

2013
01/01/2013

Criação do Instituto Casa da Memória

Criação do Instituto Casa da Memória, sendo convidados referentes profissionais da área de História, Museu, Arte e Ciência da Informação e interessados pela preservação do patrimônio cultural para composição da diretoria e do conselho. Realização do levantamento e mapeamento do moveis, objetos e fotografias encontradas na residência.

*Foto: Numeração do acervo institucional realizada por Rosa Esteves e Nilton Campos.

2012
11/01/2012

Falecimento da última moradora

Falecimento da última moradora, Angela Biagi.

Angela Biagi nasceu em 23 de março de1916 em Pontal-SP e faleceu em 29 de outubro de 2012 em Ribeirão Preto-SP. Solteira, Angela gostava muito de festa e de música, tocava acordeão e piano.

* Foto: Angela Biagi, 1950.

2010
11/01/2010

Falecimento penúltima moradora

Falecimento da penúltima moradora, Osônia Biagi.

Osônia nasceu em 13 de setembro de 1911 em Sertãozinho-SP e faleceu em no mesmo dia de seu aniversário em 2010 em Ribeirão Preto-SP. Solteira, Osônia era habilidosa em trabalhos manuais tais como tricô e crochê, se destacava na culinária em fazer doces e tortas e escreveu várias crônicas para o jornal O Diário de Notícias de Ribeirão Preto.

* Foto: Osônia na Casa, aniversário de 90 e 91 anos (2001 e 2002).

1990
11/01/1990

Modificação jardim da casa

Final da década 1990

A família Biagi modificou o jardim na frente da Casa buscando segurança por meio de uma grade viva.

* Foto: Fachada da Casa (2013), foto Beto Baptista

1960
11/01/1960

Sala de Tv, um novo ambiente na casa

Na foto da década de 60 é possível verificar que a família Biagi manteve a estrutura da Casa, modificando apenas o uso interno dos cômodos, passando a criar a sala de TV, que se manteve até o ano de 2014.

* Primeira foto: Irmãs Reunidas para o Café de toda tarde na sala de TV, década de 2000. Esquerda para direita:Osonia Biagi, Isaura B. Pinto Coelho, Olga B. Bighetti, Iris B. Gabarra, AngelaBiagi e Ida B. Scatena.

*Segunda foto: Estão reunidos na sala de TV para comemoração do aniversário de Pedro Biagi (poltrona) ao seu lado esquerdo Domenico Verrone e a sua direita Elpidio Marchesi, ano de 1963.

*Terceira foto: Fachada da casa, década de 60.

1941
19/09/1941

Compra do imóvel por Pedro Biagi

Em 17 de setembro de 1941, compra do imóvel estilo Bungalow por Pedro Biagi, passando a residir com sua esposa Eugênia Viel Biagi e filhos Osvaldo.

Ordem 15.569, transcrição no. 7.642. Ordem 7.642, TA 15.509; transcrição no. 7.812. 1º Registro de Imóveis, no ano de 2014

*Primeira foto: Casal Eugenia e Pedro Biagi com seus doze filhos. No centro o casal Eugenia e Pedro, da esquerda para a direita 1º Plano: Elisa, Isaura, Osonia, Olga, Amélia e Gaudêncio Biagi Acima: Osvaldo, Maurilio, Ida, Angela, Iris e Baudilio Biagi (1942).

*Segunda foto: Comemoração de aniversário de 82 anos de Pedro Biagi (1963). Foto na sala de visitas (Sala Dourada). Esquerda p/ direita: Virginia Biagi Luchiari, Antonia Biagi Zanin, Eugenia Biagi, Clóris Vassimon Orsi e Iris B. Gabarra. As crianças Francisco e Maria Clara B. Gabarra e Beatriz Biagi.

19/03/1941

Falecimento da Sra. Joaquina

Em 19 de março de 1941, falecimento da Sra. Joaquina Evarista Meirelles, em Vila Bonfim, registrado no Cartório de Paz, desse distrito.

1925
17/02/1925

Final da construção do imóvel e contrato de usufruto

Em 17 de fevereiro de 1925, no final da sua construção do imóvel, foi realizado um contrato de usufruto pela Sra. Joaquina Evarista Meirelles e doação aos seus filhos Joaquim Machado de Souza, Arlindo Machado de Souza, Sylvio Machado de Souza, Jose Machado de Souza e Mario Machado de Souza.

CERTIDÃO. Protocolo nº 549.683. Ordem 15.569, transcrição no. 7.642. 1º Registro de Imóveis, no ano de 2014.

*Foto: Família Meirelles na casa, 1925-1926

1923
28/05/1923

Plantas da construção do Bungalow

Em 28 de maio de 1923, a Sra. Joaquina Evarista Meirelles e seu filho Joaquim Machado de Souza assinaram as plantas da construção do Bungalow juntamente com architecto constructor Arnaldo Maia Lello e encaminharam a prefeitura de Ribeirão Preto.

Arquivo Público e Histórico de Ribeirão Preto, pesquisa 2013.

Veja mais plantas da casa, clicando aqui!

* Foto: Planta da fachada.

1922
12/05/1922

Arremate de propriedades

Em 12 de maio de 1922, a Sra. Joaquina Evarista Meirelles arrematou em praça pública, duas propriedades de Jerônimo Ippolito e sua mulher Adelayde Ippolito, localizadas na rua Tibiriçá nº 45 e 45-A.

Ordem 12.529, transcrição no.15.509. 1º Registro de Imóveis – Frederico Jorge Vaz de Figueiredo Assad (Oficial), 2014.

* Foto: Catedral de São Sebastião sem a torre do relógio e vista do jardim a partir da Rua Américo Brasiliense. Data: 1910. Fotógrafo: Flósculo de Magalhães. APHRP – Arquivo Público Histórico de Ribeirão Preto